Servidores civis e professores deliberam pela retomada da paralisação de atividades

Postado em Editado em

Os servidores de Barreiras decidiram em assembleia na tarde de ontem, quinta-feira (10/08) na sede do SINDSEMB, que vão manter a paralisação das atividades por 24 horas na próxima terça-feira, 15, data da provável votação dos projetos nº 09 e 10.

Em clima de apreensão e angústia, os professores da rede municipal se reuniram com a diretoria do Sinprofe, e decidiram que vão paralisar por mais 48 horas, definindo as datas de 15 e 16 de agosto, para que possam participar dos atos de mobilização contra a votação.

Ainda em reunião foi definida uma agenda de mobilização, e na terça-feira pela manhã, todas as categorias vão se reunir em frente a Prefeitura de Barreiras, para mais uma vez solicitar do prefeito Zito Barbosa que receba as representações sindicais para diálogo. “A expectativa é que sejamos recebidas e possamos mostrar ao poder executivo a importância de reavaliar todas essas retiradas e alterações. Queremos respeito, dignidade e solicitamos a retirada desses projetos da Câmara de Vereadores”, disseram as dirigentes sindicais Carmélia e Arizangela.

ASCOM/SINDSEMB

Comentários no Facebook