Carmélia da Mata emite nota de repúdio contra crime homofóbico ocorrido em Barreiras

Postado em

Neste momento, que a tristeza invade o coração dos amigos do servidor municipal e cidadão Cláudio Pereira da Silva, venho a público repudiar a brutal violência sofrida e o assassinato covarde ocorrido neste domingo, 17 se outubro no Residencial São Francisco em Barreiras.
Compreendemos que a violência sofrida se caracteriza como uma agressão de característica HOMOFÓBICA. E se faz necessária uma ação eficiente por parte das autoridades para garantir que a cidadania e o respeito às diferenças seja plena e que mais pessoas não sejam vitimas da homofobia. Já tivemos outros casos de morte pela orientação sexual em nosso município, e até hoje aguardamos justiça.
Reforçamos que violência desse nível contra a comunidade LGBTI+ nasce não do acaso, mas do forte sentimento de desprezo que parte da sociedade nutre devido a ignorância e machismo. Sinceramente esperamos que os órgãos competentes investiguem e punam dentro da Lei, o responsável por mais este ato violento e cruel contra o jovem Cláudio.
Atitudes nefastas, como deste sujeito que assassinou Cláudio, demonstram a persistente truculência e o quanto ainda se precisa avançar para que todas e todos possam exercer seus direitos com respeito e igualdade. Com essa firmeza, me coloco a disposição de toda comunidade na cobrança firme para que as investigações ocorram e que possamos viver de fato num ambiente livre e mais humano.
Carmélia da Mata
Vereadora de Barreiras
Clique e participe dos nossos grupos de WhatsApp:
Se Liga Barreiras 01
Se Liga Barreiras 02

Deixe seu comentário