Tribuna Popular evidencia 5ª edição da Festa Internacional Literária de Barreiras (FLIB)

Postado em

A Tribuna Popular realizada na quarta-feira (18), no plenário Dr. Aroldo Cavalcante da Câmara de Vereadores, foi integralmente dedicada à divulgação da “Festa Internacional Literária de Barreiras”, que acontece no período de 23 a 25 de maio, com uma diversificada programação de palestras, conferências, mesas temáticas e apresentações artístico-culturais nos espaços públicos, bem como em algumas escolas da cidade.

Proposta pelo vereador Eurico Queiroz Filho (Republicanos), a Tribuna Popular sobre a FLIB 2022 ganhou contornos de uma situada exposição da convidada e coordenadora geral do evento, professora Marilde Queiroz Guedes.

Dentre os fundamentos selecionados para referenciar a exposição no plenário do Legislativo Barreirense, a convidada evidenciou o significado dessa ação literária, cujos vínculos culturais incidem no Território de Identidade Bacia do Rio Grande, sendo acompanhada atentamente pelos vereadores, representantes da curadoria da Festa, dirigentes de instituições educacionais, membros da Academia Barreirense de Letras (ABL) e o público em geral.

Professora Marilde Queiroz, que é doutora em educação pela PUC-SP e com estudos de pós-doutorado concluídos junto à Universidade de Lisboa (Portugal), sintetizou o propósito da FLIB ao dizer que se trata de um acontecimento que “congrega todas as linguagens”, promovendo o encontro entre a literatura e as artes. Para tanto, a temática “As Vozes do Sertão na Literatura: diálogos contemporâneos” estabelece o foco para os cânones da literatura e os autores contemporâneos.

A 5ª edição da FLIB também marca o retorno dessa importante atividade depois de dois anos de interrupção em face da pandemia de Covid-19. Durante a exposição, algumas justificativas para realizar esse tipo de evento foram citadas, a exemplo da democratização do acesso à cultura, da ampliação do capital cultural dos participantes, do clima favorável para colocar leitores e não leitores em contato com a literatura, e outras expressões artísticas, além do desenvolvimento de massa crítica em prol da consciência para a cidadania.

Criada em 2016 pelo Decreto Municipal nº 251/2016, a Festa Literária houve de ser idealizada por professoras do curso de Letras da UNEB (campus IX/Barreiras), o que coincidiu com o período em que a professora Marilde exercia a função de diretora do Departamento de Ciências Humanas (DCH/UNEB). Ela revelou ter sido a mediadora no sentido de mudar a qualidade de um pedido encaminhado ao departamento pelo então gestor municipal para realizar uma “feira de livros” na cidade, enxergando ali uma oportunidade de materializar o anseio da comunidade acadêmica, ou seja, a criação da “festa literária”.

O presidente Otoniel Teixeira (PSD) fez especial saudação de agradecimento à convidada, em nome do parlamento, assim como aos demais membros da curadoria do evento, e anunciou que a Tv Câmara de Barreiras fará cobertura e transmissão ao vivo durante os dias da Festa.

Fonte: Ascom CMB

Clique e participe dos nossos grupos de WhatsApp:
Se Liga Barreiras 01
Se Liga Barreiras 02

Deixe seu comentário